Os Melhores Filmes De Medo E Terror Da História 1
Casa e Família

Os Melhores Filmes De Medo E Terror Da História

O cinema de terror é um gênero que a toda a hora apaixonado ao longo dos anos, milhões de espectadores em o mundo todo e, entretanto, ainda é difícil achar videos de terror que possam ser consideradas uma obra de arte. Deste modo, esta lista selecionamos os fantásticos vídeos de temor e terror da história (cuidado!) poderiam conservar-se revelado a noite toda. O fulgor’ poderia ser qualificado como um dos filmes mais aterrorizantes da história do cinema. Desde que se estrenase em Portugal, em 1980, o clássico de Kubrick, continua a ser uma fita de culto e, graças à compreensão de (dom) Jack Nicholson pesadelos estão asseguradas durante abundantes dias.

A adaptação ao cinema do romance de Stephen King, publicado em 1977, introduziu novos estilos do cinema de terror, embora o escritor não estava plenamente feliz com o repercussão. Não obstante, Scorsese adiciona entre as 11 maiores filmes de terror de todos os tempos. O maior acerto de Kubrick (‘A Jaqueta Metálica’, ‘Laranja Mecânica’, ‘2001: Uma Odisséia no Espaço’) foi revelar com um dos grandes nomes da sétima arte como personagem.

Nicholson pareceu perceber o seu papel pela perfeição e reflete como ninguém a loucura de Jack Torrance, protagonista da fita. A clássica cena do machado, se convertendo insano e carrega a porta do banheiro em que se escondem tua mulher e teu filho, poderia ser qualificado como uma DAS cenas mais inesquecíveis do cinema.

Tão icônico que tornou-se a capa e imagem de ‘O iluminado’. O Fulgor’ gira em volta da vida de Jack Torrance, um aspirante a escritor e ex-alcoólatra que começa a trabalhar como guarda de manutenção em um hotel silencioso e solitário na montanha. Pouco tempo após ter se instalado ali com tua mulher e seu filho, começa a sofrer de transtornos de personalidade, resultando-se vítima da loucura provocada pelo isolamento.

  • “Que Alá te proteja de ti!”
  • Não te posso revelar. O você em seu blog
  • E eu eu tento
  • No mínimo uma das trompas de Falópio tem de ser permeável
  • o Meu afeto para ti é tão imenso, que não caberia em toda a galáxia
  • 2004 – Neruda no coração (CD e DVD, incalculáveis artistas)
  • Aparições: 6ª e 7ª (esporádica) temporadas. (14 episódios)
  • A poupança de tempo na instrução do método

Completam o elenco: Shelley Duvall, Danny Lloyd, Idade Crothers, Barry Nelson, Philip Stone, Joe Turkel, Barry Dennen, Lisa e Louise Burns, além de outros mais. Em ‘A semente do diabo” o espectador se deixa seduzir pela câmera de seu diretor, e nos fez membros da tristeza de Rosemary (Mia Farrow). O pavor não é visto diretamente pela fita, porém é sentida no ambiente, pela atmosfera inquietante e os típicos vizinhos que Polanski vai introduzindo.

É a história Dos Woodhouse, um jovem casal de nova iorque (na pele de Mia Farrow e John Cassavetes), que espera seu primeiro filho. O marido, um ambicioso ator sem sucesso, faz um pacto com o diabo com o fim de conseguir o cume. O mais legal do terror clássico são as extraordinárias atuações do elenco. Destaca-se Ruth Gordon, que levou o Oscar graças a seu feitio repulsivo Minnie, formado por Polanski. Elenco completo: Mia Farrow e John Cassavetes, Ruth Gordon, Sidney Ko, Maurice Evans, Clay Tanner, Ralph Bellamy, Vitória Vetri, Patsy Kelly, Elisha Cook Jr. Pode ser reproduzido como um vídeo que marcou o gênero de terror e video a respeito exorcismo mais conhecida da história do cinema.

Foi lançado em 1975, em Portugal e conta com 2 prêmios Oscar de Melhor Roteiro adaptado (William Peter Blatty) e Som (obteve 10 indicações). Dirigido por William Friedkin, ‘O exorcista’ gira em torno de uma mulher que chama a em torno de padres jesuítas pra que tentem encerrar com a possessão demoníaca de sua filha de 12 anos.

Também, o n.º visual é um dos melhores que neste instante vi em fitas do gênero. A chave está em que, apesar de o orçamento da fita, Friedkin conseguiu que fosse o mais realista possível. Não há mais que olhar a cena em que Regan gira a cabeça pra trás ou quando o levita sobre a cama.